0

5 razões para cortar o refrigerante da dieta

Praticamente todo mundo sabe que o refrigerante não possui nenhum benefício ao nosso corpo a não ser pelo prazer que proporciona no momento de ingeri-lo, principalmente por conta do açúcar que está presente em sua fórmula. Porém, se você é daqueles que está “viciado” neste tipo de produto, saiba que seu organismo irá agradecer se o mesmo for cortado de sua dieta diária.

 

Confira abaixo alguns dos principais motivos porque devemos cortar o refrigerante da dieta.

 

1 – Cálculo renal

Poucas pessoas sabem mais o consumo de refrigerantes aumenta de 23% a 33% as chances de formação de pedras nos rins. Esse fato se deve porque o refrigerante possui fosfato, que é uma substância que interfere na absorção do cálcio pelo organismo e, portanto, quando está presente em grandes quantidades – por conta do refrigerante – favorece o surgimento de cálculo renal.

 

2 – Ajuda a emagrecer

É comprovado que os refrigerantes são um dos grandes vilões de quem está procurando emagrecer, pois contém em sua fórmula uma quantidade considerável de açúcar. Além disso, por ser uma bebida extremamente calórica e, geralmente é bebida em grande quantidade, leva a um ganho de peso pelo excesso de calorias ingeridas.

 

Quando o refrigerante é absorvido pelo intestino, é liberado todo o açúcar diretamente na corrente sanguínea, o que acarreta fome antes da hora principalmente pelo fato de que o pâncreas libera mais insulina. Com o excesso de insulina no organismo, o individuo sente mais fome.

 

3 – Previne diabetes

Como ressaltamos acima, o refrigerante contém muito açúcar; e como o excesso de calorias ingeridas leva a um aumento anormal do peso, o risco de diabetes aumenta praticamente na mesma proporção. Segundo uma pesquisa realizada na Inglaterra, o consumo de apenas 340 ml por dia de refrigerante aumenta em até 22% os riscos de diabetes tipo 2 em um adulto.

 

4 – Afasta doenças cardíacas

Por conta do excesso de sódio presente no refrigerante, o consumo de apenas um copo diário da bebida aumenta em 20% os riscos de uma doença cardíaca. Além disso, a não ingestão do refrigerante ajuda no controle da pressão arterial, dentre outras coisas.

 

5 – Diminui as chances de depressão

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, ficou provado que os consumidores de refrigerantes têm maiores chances de depressão, principalmente, se o mesmo for diet. Foram analisadas 264 mil pessoas durante um período de dez anos, sendo que quem bebia refrigerante diet (quatro latas ou copos por dia) tinham um risco de 30% maior do que quem não bebia. Já quem bebeu refrigerante tradicional (na mesma quantidade) tinha um risco de 22% maior.

 

refrigerante e doenças

Comments are closed.

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!